Alegria

A Carta

15:33,0 Comments

Se você está lendo isso é porque hoje foi um dia daqueles, né? Deve estar se sentindo sozinha no mundo com o corpo e o coração esfacelados. Os problemas não fizeram fila, foram invadindo por todos os lados e a pressão ficou insustentável, está parecendo que sua confiança foi embora pra nunca mais. Provavelmente você não chegou aonde queria e o caminho está mais difícil do que o previsto, suas pernas devem estar doendo dos passos dados e tantos outros voltados, ao passo de não saber se está mais longe agora do que outrora. Conheço esses dias e, por conhecer você, sei que tem resistido bem. Não andou chorando, nem tão pouco se lamentando, contudo, visivelmente teu sorriso se desfez e suas convicções cambalearam de um lado pra outro. Nesse instante seus lábios se contorcem, confirmando, de forma dolorosa, minhas palavras. Seu sonho desbotado como uma fotografia Polaroid.  Esses são dias de barata, já que cão é um animal agradável e carinhoso resolvi mudar essa intitulação. A boa notícia? Eu sou a prova de que você é feliz e que esses dias tem fim! Basta afastar esse zoom e ajustar o foco dessa lente que você verá muito mais motivos para rir do que você lembra agora. Erga essa fronte, contemple o horizonte e não as pedras no caminho, porém vez ou outra as use para um belo poema. Não esqueça as cores matizadas do crepúsculo, os tons de laranja, rosa e vermelho. Da brisa de inverno que sopra gelada do mar na manhã de domingo. Seus problemas? Não sumiram, só você que não deixou-se controlar por eles. Uma dica: organize os que se pode resolver; depois os que dão trabalho; os que precisam da ajuda do tempo e, então, aqueles que não têm o que se fazer. Conclua um de cada vez; os que não são seus tire da lista – seja um bom amigo, não um mártir – não fuja, encare-os, toda vez que faz isso eles correm. Por fim, não tenha medo de pedir ajuda, de desistir e de recomeçar. Sempre há tempo para ser feliz, por que não começar hoje?

Espero ter servido ao meu propósito,

Ass: você, num dia feliz de sol.

NÃO SAIA SEM LER:

0 comentários:

Obrigada por ler a crônica, espero que tenha gostado. Deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita e conhecer seu trabalho. Apareça mais vezes, vai ser um prazer ter você como leitor(a).